Arquivo da categoria: Eventos !

Então que acabe em Pizza !!!

Fala galera como estão ?? Espero que bem !!

Pra variar fiquei um tempão sem escrever nada por aqui né, pois é, quem já fez ou faz TCC sabe que a palavra tempo não faz parte do nosso vocabulário nessa triste época da nossa vida haha.

Maas, felizmente já acabou e vamos falar de coisas boas, boas como Pizza que tal ?

No dia 6 de novembro aconteceu um evento muito legal na Pizzaria Speranza da Bela Vista em São Paulo que contou com a presença da impressa, de profissionais, e até o Cônsul italiano.

Eu, Eduardo e Timóteo fomos convidados pelo André e o pessoal da G.I. Metal e claro, não poderíamos ter deixado de comparecer né haha.

O evento foi organizado para receber o presidente da Associazione Verace Pizza Napoletana, Antonio Pace, que pela primeira vez visita a América Latina e veio entregar uma placa homenageando a Cantina e Pizzaria Speranza pela difusão da cultura gastronômica napolitana no Brasil e pela perpetuação da pizza verdadeiramente napolitana que faz há 54 anos no país

Timóteo e eu aguardando para “degustar”

A Associação Verace Pizza Napoletana (AVPN) foi fundada em julho de 1984 em Nápoles, onde tem sede legal e operativa, sem fins lucrativos.

Sua missão é promover e proteger no mundo a “verdadeira pizza napolitana”, isto é, o produto  típico feito de acordo com as características descritas no Disciplinar internacional para uma marca coletiva “Vera Pizza Napoletana”.

A AVPN está também envolvida na promoção e proteção dos exercícios afiliados e dos produtos da cadeia produtiva ligada á “Verace Pizza Napoletana” e na profissionalização dos pizzaiolos.

Graziano e o Presidente Pace !

Com Pace vieram o diretor de Marketing da AVPN, Stefano Auricchio, e os pizzaiolos Paola Surace e Giovanni Improta, ambos em sua primeira visita ao Brasil. Os pizzaiolos fizeram uma demonstração prática enquanto o presidente da entidade falava das características da verdadeira pizza napolitana. Em seguida, em conjunto com os profissionais da Speranza, prepararam as pizzas para nós degustarmos (entendam comer, pois comemos beem haha).

Além das Pizzas também bebemos alguns vinhos italianos e comemos Tortano, um pão rustico napolitano recheado com calabresa, ótimo por sinal.

Durante o show musical da cantora Mafalda Minozi, ótima e super simpática, Pace pediu uma pausa para entregar a homenagem à Familia Tarallo: Paola, Monica, Francesco, Dona Cyrene (viúva de Antonio Tarallo, filho de Dina Speranza) e Celso Cassas.

Agora o Eduardo segue com o texto para explicar melhor para vocês o que realmente é a “verdadeira pizza napolitana”, afinal ele tem propriedade para falar sobre isso !!

E ai pessoal tudo bem? Tive a oportunidade de comer a pizzas em Nápoles e Sorrento e devo dizer que fiquei apaixonado por elas. Porém, falar das pizzas napolitanas é falar de um prato bem diferente do que estamos acostumados a ver e comer por aqui.

Não que as pizzas daqui sejam ruins, muito pelo contrario, acontece que as “napolitanas” devem ser incluídas em uma categoria a parte por serem realmente deliciosas. São pizzas leves, fácil de dobrar, isso mesmo pessoal, pizza se come com as mãos, deve ser macia quando corretamente assada, as bordas elevadas devem ser douradas e o gosto da massa deve ser de pão fermentado, que quando misturado ao sabor ácido do tomate italiano, do queijo mozzarela de búfala DOP e do perfume do manjericão, torna a experiência de comer inesquecível!!!

Mas qual a diferença da pizza “comum” da pizza napolitana? Basicamente as diferenças estão na qualidade e quantidade dos ingredientes utilizados e no modo de prepara-las. São consideradas pizzas napolitanas apenas dois tipos, a Margherita, feita com molho de tomates pelados italianos, mozzarela de búfala ou Fior di Latte (mozzarela de leite de vaca), azeite extra virgem e manjericão, já a Marinara é feita utilizando molho de tomates pelados italianos, azeite extra virgem e alho fresco, sendo a massa de ambas preparada com a farinha de trigo tenro, a chamada farina “Doppio 0” , abertas a mão e assadas em forno a lenha.
Vale a pena experimentar!!!

E ai galera, depois da explicação do Eduardo ficou mais claro né? E realmente vale muito a pena experimentar.

Aproveitando que falamos de Pizza e Itália o Eduardo e eu estamos concorrendo a passagens para fazer o curso de Pizza Napolitana na Itália, (exatamente o mesmo curso que falamos aqui, o da Vera Pizza ) para ganharmos precisamos da ajuda de vocês, bastar acessa a página da Alitalia:

https://www.facebook.com/alitalia/318041844953004?sk=app_289137204523653&app_data=eyJ1cmkiOiJwdFwvdGlja2V0XC80MjU2NCIsInRvZG8iOiJyZWRpcmVjdCJ9

Curtir a página e votar no Wagner Eduardo, é bem rápido e fácil.

Mas ainda não acabou!!

Tem a parte boa, se a gente ganhar, que com certeza com a ajuda de todos vocês ganharemos, vamos sortear uma Absolut Unique, a edição limitada da Absolut que vem com a garrafa numerada e não existem dois modelos iguais de garrafa, todas são únicas = )

Como eu posso concorrer você me pergunta ? Eu te respondo: é só curtir a página da Alitalia no Facebook , votar no Graziano e deixar um comentário aqui neste Post mesmo com a palavra Votei, viu só como era fácil? Além de você ajudar a gente ainda pode ganhar uma Absolut, moleza né? Então vamos lá pessoal, vamos votar !! Conto com todos vocês e muito obrigado !!

Então é isso galera, espero que tenham gostado do Post e da Promoção também, afinal uma Absolut sempre vai bem haha, até a próxima, muito obrigado a todos dês de já 0/

Texto e imagens:

Luis Paulo Carminatti

Wagner Eduardo Graziano

Anúncios

The World’s 50 Best Restaurants 2012 !!!

E ai galera tudo bem com vocês? Espero que sim !!

Tenho uma pergunta, qual é o melhor lugar para se comer bem? Sua casa ? A casa da Avó ? O McDonald’s ? Nâo, se você respondeu um desses está errado, principalmente se respondeu o McDonald’s haha, nada contra a praticidade, mas … Voltando o assunto dos restaurantes, segundo a revista britânica Restaurant Magazine que listou os 50 melhores restaurantes de 2012 esse lugar é o Noma.

Pelo terceiro ano consecutivo, o primeiro lugar ficou com o restaurante Noma, da Dinamarca, liderado pelo chef René Redzepi, seguido pelo El Celler de Can Roca e Mugaritz, ambos espanhóis.

o restaurante brasileiro D.O.M, do chef Alex Atala, ficou em 4º lugar do ranking, subindo 3 posições do ranking passado.

Na América Latinal, além do D.O.M., constam outros três restaurantes: o Astrid Y Gaston Lima(35º lugar), no Peru; o Pujol Mexico City (36º lugar) e a casa Biko (38º lugar), também na Cidade do México.

O ranking desse ano mostra o crescimento dos restaurantes latino-americanos, maior exemplo foi o 4º lugar alcançado pelo sensacional e caríssimo D.O.M. que infelizmente está um pouco distante do alcance de uns 94% da população brasileira, uma pena, pois todo brasileiro deveria conhecer esse trabalho incrível realizado por Alex Atala.

“Foi surpresa. Ser o sétimo já era alto. Neste ano, ficamos atrás de três caras que admiro, gênios. É uma posição sensacional, uma alegria. Ser primeiro nunca foi objetivo, mas se acontecer ninguém ficará triste aqui”, brincou em entrevista ao G1 nesta quinta-feira (3) no restaurante Dalva e Dito, em São Paulo.

Atala, de 43 anos, levou seu restaurante à elite da gastronomia mundial com uma cozinha que define como “simples e sustentável”, feita a partir de produtos locais, entre eles alguns dos numerosos ingredientes fornecidos pela Amazônia.

O chef contou que gostaria de pagar mais pelos ingredientes da Amazônia, que são base de seu trabalho. “Busco um comércio mais próximo do justo, que beneficie as familias, melhore a região”, explicou. “Hoje, há vezes que gasto mais com transporte do que com produtos. Preciso dar um jeito de pagar melhor pelos produtos. É importante extrair e retornar à natureza.”

Segundo ele, “falta apoio e vontade primeiramente do governo e da iniciativa privada” para que exista “um ajuste de legislação que beneficie produtores”. Atala cita como exemplos famílias e empresas brasileiras que produzem mel e baunilha.

E para que não falta apoio e vontade do governo? Só se for para a copa do mundo, ai sobra, sobra tudo, principalmente roubo =)

Voltaaando ao ranking vamos conferir todos os 50 restaurantes que nele constam, dando um pouco mais de ênfase aos 10 primeiros, pois são nada mais nada menos que 50, ai seriam muitos caracteres haha.

1. Noma, Dinamarca 


Noma significa comida nórdica e está localizado em um antigo armazém na Dinamarca. O restaurante serve tipos variados de carne, camarões, ervas e algumas especialidades do chef Rene Redzepi. Pela terceira vez no topo da lista, o chef contou que o ranking mudou completamente o número de clientes: “Nós saímos de uma segunda-feira com 14 clientes para uma lista de esperade 1.200 pessoas”.

http://www.noma.dk/

Abaixo segue a entrevista com Redzepi:

2. El Celler de Can Roca, Espanha 


Os irmãos Joan, Josep e Jordi colocaram o El Celler de Can Roca como o segundo preferido de 2012. O restaurante é bem moderno e fica na pequena cidade de Girona, na costa da Catalunha. No local, são servidas azeitonas caramelizadas de entrada, que chegam à mesa em árvores de bonsai, e pratos clássicos catalães.

http://www.cellercanroca.com/

3. Mugaritz, Espanha 


O chef Andoni Luis Aduriz é bem reconhecido em San Sebastian, na Espanha. É ele que prepara os pratos do Murgaritz, que tem como especialidade pescada branca e batatas.

http://www.mugaritz.com/

4. D.O.M., Brasil 


Liderado pelo chef Alex Atala, o restaurante fica na cidade de São Paulo. A proposta é produzir refeições sustentáveis com ingredientes fornecidos pela Amazônia, como palmito, mandioca e sucos de frutas típicas.

http://www.domrestaurante.com.br/

5. Osteria Francescana, Itália 


Elegante e moderno, o Osteria Francescana fica em Modena, na Itália, e é liderado pelo chef Massimo.

http://www.osteriafrancescana.it/

6. Per Se, Estados Unidos


Luxuoso e moderno, o restaurante Per Se contra com as especialidades do chef Thomas Keller, além de ter uma vista privilegiada para o Central Park.

http://www.perseny.com/

7. Alinea, Estados Unidos 


Em Chicago, o restaurante Alinea traz os pratos produzidos pelo chef Grant Achatz, que serve os alimentos de uma forma muito particular. Com géis, espumas e pós, ele transforma os pratos em uma obra de arte.

http://www.alinea-restaurant.com/

8. Arzak, Espanha 


Tradicional na Espanha, o restaurante foi fundado no século 19. Com ambiente familiar, Arzak traz algumas novidades como pratos servidos em monitores de computador.

http://www.arzak.info/index.html

9. Dinner by Heston Blumenthal, Inglaterra 


Um dos restaurantes mais badalados de Londres, Blumenthal é liderado pelo chef Heston Blumental, que inventou a famosa “Fruta de carne”, um fígado de galinha recheado com geleia de fruta.

http://www.dinnerbyheston.com/

10. Eleven Madison Park, Inglaterra 


Este restaurante de Nova York saltou 14 lugares entre os melhores do mundo desde o último ano. Ele é liderado pelo chef Daniel Humm.

http://elevenmadisonpark.com/

Acompanhem a seguir os outros restaurantes presentes na lista dos 50 bests

11. Steirereck, Austria
12. L’Atelier Saint-Germain de Joël Robuchon, França
13. The Fat Duck, Inglaterra
14. The Ledbury, Inglaterra
15. Le Chateaubriand, França
16. L’Arpege, França
17. Pierre Gagnaire, França
18. L’Astrance, França
19. Le Bernardin, Estados Unidos
20. Frantzén/Lindeberg , Suécia
21. Oud Sluis, Holanda
22. Aqua, Alemanha
23. Vendôme, Alemanha
24. Mirazur, França
25. Daniel, Estados Unidos
26. Iggy’s, Cingapura
27. Narisawa, Japão
28. Nihonryori RyuGin, Japão
29. Quay Restaurant, Austrália
30. Schloss Schauenstein, Suíça
31. Asador Etxebarri, Espanha
32. Le Calandre, Itália
33. De Librije, Holanda
34. Fäviken Magasinet, Suécia
35. Astrid y Gastón, Peru
36. Pujol, México
37. Momofuku Ssäm Bar, Estados Unidos
38. Biko, México
39. Waku Ghin, Cingapura
40. Quique Dacosta, Espanha
41. Mathias Dahlgren, Suécia
42. Hof van Cleve, Bélgica
43. The French Laundry, Estados Unidos
44. Amber, China
45. Vila Joya, Portugal
46. Il Canto, Itália
47. Bras, França
48. Manresa, Estados Unidos
49. Geranium, Dinamarca
50. Nahm, Tailândia

Então é isso ai galera, agora já temos 50 opções de restaurantes onde poderemos ter um belo almoço ou jantar, é só escolher haha.

Espero que tenham gostado do Post, pretendo (mas não prometo haha) fazer um post em especial para cada um dos 10 primeiros colocados, mas por hoje é só, até a próxima e um abraço a todos 0/

Texto: Luis Paulo Carminatti

Fontes: http://www.restaurantmagazine.com/ ; http://culinaria.terra.com.br/
http://g1.globo.com/ ; http://viajeaqui.abril.com.br/ 


Happy St. Patrick´s Day !!!

E ai galera, tudo beleza ? Espero que sim !!

Neste Post verde de hoje vamos falar sobre uma data que eu particularmente acho muito legal !! Ah, o porque do verde vocês vão entender no decorrer do texto 0/

No sábado, 17 de março, é comemorado o St. Patrick´s Day, a tradicional festa do padroeiro irlandês. Durante a data, as pessoas se vestem de verde e aderem ao trevo como amuleto da sorte – um dos símbolos do santo que utilizava a planta para explicar o catolicismo para seus fiéis.

Apesar de o feriado ser comemorado somente nos países que falam a língua inglesa, a festa ultrapassa as fronteiras e toma, literalmente, conta do resto do planeta.

Dia de São Patrício (em inglês: Saint Patrick’s Day, em irlandês: Lá ’le Pádraig ou Lá Fhéile Pádraig), é a festa anual que celebra São Patrício, um dos padroeiros da Irlanda, e é normalmente comemorado no dia 17 de Março pelos países que falam a língua inglesa. Essa data é normalmente medida pela autoridade da Igreja. As pessoas vestem-se de trajes verdes, saindo as ruas em uma longa caminhada festiva. Hoje, Dia de São Patrício é provavelmente o mais amplamente comemorado dia santo no mundo.

No Saint Patrick’s day as pessoas usam verde por que São Patrício usava um trevo de três folhas para explicar sobre a trindade: Pai , Filho e Espírito Santo.

O primeiro “Saint Patrick’s Festival” foi realizado no dia 17 de Março de 1996. Em 1997, tornou-se um evento de três dias, e em 2000 foi um evento de quatro dias. Em 2006, o festival durou cinco dias.

No passado, o Dia de São Patrício era apenas uma celebração da cerveja. Tornou-se um feriado público no ano de 1903. Na Inglaterra, foi introduzido no Parlamento pelo irlandês James O’Mara. Mais tarde, O’Mara introduziu a lei que proibia que os pubs fechassem no dia 18 de Março, uma providência que só foi mudada nos anos 70. A primeira manifestação ocorreu em Dublin, no ano de 1931, e foi criticada pelo ministro Fitzgerald.

São Patrício 

Pouco se sabe da vida de Patrício, apesar de ser notório seu nascimento na Bretanha Romana no século IV, em uma rica família Romano-Bretã. Seu pai e avô foram diáconos na Igreja. Aos dezesseis anos, ele foi raptado por piratas irlandeses e levado para a Irlanda como um escravo. Acredita-se que ele ficou em cativeiro em algum lugar na costa oeste da Irlanda, possivelmente em Mayo, mas o local exato é desconhecido. De acordo com sua confissão, Deus lhe disse, em sonhos, para fugir de seu cativeiro para o litoral, onde ele iria embarcar em um navio e retornar a Bretanha. Em seu retorno, logo se juntou à Igreja em Auxere, para se tornar padre.

Em 432, alegou ter recebido um chamado para regressar a Irlanda, porém como bispo, para a evangelização dos irlandeses. O folclore irlandês alega que um de seus métodos de evangelização incluia o uso de um trevo de três folhas para explicar a doutrina da Santíssima Trindade para os irlandeses. Depois de quase trinta anos de evangelização, Patrício faleceu no dia 17 de março de 461, e, de acordo com a tradição, foi enterrado em Downpatrick. Apesar do êxito de várias missões à Irlanda empregadas por Roma, Patrício perdurou como o campeão principal do cristianismo irlandês e é bastante estimado pela Igreja Católica irlandesa e de todo o mundo. é um dia muito importante para os escoceses.

A cor verde

Com o passar dos anos a cor verde e sua ligação com o dia de São Patrício aumentou. Fitas verdes e trevos eram usados nas celebrações do dia de São Patrício no século XVII. Dizem que São Patrício usou o trevo para explicar a Santíssima Trindade aos pagãos celtas, com isso, o uso de trevos de três folhas e similares estão intimamente ligados aos festejos. Na rebelião irlandesa de 1798, na esperança de propagar seus ideais políticos, soldados irlandeses vestiram uniformes verdes no dia 17 de março na esperança de chamar a atenção pública à rebelião. A expressão irlandesa “the wearing of the green” (Vestindo o verde), significa usar um trevo ou então outra peça de roupa em referência aos soldados rebeldes.

Em São Paulo não é diferente. Bares e pubs da cidade oferecem atrações musicais, ambientes temáticos, duendes e brincadeiras. E o público aproveita a ocasião para entornar whisky, chopps verdes e cervejas irlandesas.

Aqui  vai uma lista dos bares que vão aderir à comemoração. Vista verde, escolha sua programação e caia na gandaia!

All Black

O pub no Jardins faz dois eventos simultâneos no dia 17 para comemorar a data, um no próprio pub e uma festa em uma casa na Barra Funda.

No bar, a partir das 14h, quem pagar a entrada (de R$ 30 a R$ 80), ganha uma camiseta da festa e um welcome drink. Até às 15h, chopp verde de graça na casa. A programação conta com bandas de rock e drinks e petiscos com desconto.

A outra festa, a St. Patrick´s Party, acontece a partir das 20h, em uma casa na Barra Funda (antigo CB Bar) – decorada com trevos e potes de ouro. Em sua segunda edição, tem como destaques bandas de rock tocando músicas irlandesas, pints de Guinness, chopp verde e comidas típicas (ingressos vendidos antecipadamente, de R$ 30 a R$ 70).

Quem quiser comparecer às duas celebrações tem à disposição uma van exclusiva que faz o trajeto entre o bar e a St. Patrick’s Party, de hora em hora. Vale notar que os eventos são separados e quem quiser ir aos dois tem que pagar cada um separadamente.

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, american express, dinners

Estacionamento: pago, com manobrista

Rua Oscar Freire, 163 – Jardim Paulista

Horário: Segunda, 18h à 0h30; terça, 18h à 1h30; quarta, 18h às 2h; quinta, 18h às 3h; sexta, 18h às 3h30; sábado, 19h às 3h30.

Tel: (11) 3088-7990

Site: http://www.allblack.com.br

The Sailor

O pub da Faria Lima oferece 14h ininterruptas de festa e rock em sua casa (17). Além das apresentações musicais, o bar conta com atrações burlescas durante o evento. Quem chegar na casa de verde ganha uma cerveja St. Patrick Special Beer (ingressos de R$ 15 a R$ 70).

O The Sailor oferece 14h de rock e apresentações de burlesco na data.

INFORMAÇÕES

Cartões: mastercard, american express, visa electron

Estacionamento: pago, com manobrista

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2776 – Pinheiros

Horário: Terça a sexta, 18h às 4h; sábado, 20h às 4h.

Tel: (11) 3044-4032

Site: http://www.thesailor.com.br/

The Queen’s Head

O pub britânico celebra o St. Patrick’s Day no sábado (17), com músicas e danças típicas irlandesas e até um casal de leprechauns – duendes irlandeses (ingressos, mulher R$ 30, homem R$ 60). O cardápio oferece promoções, como o chopp verde (R$ 10) e o pint de Guinness (R$ 13). Entre os petiscos, o Fish’n chips (R$ 19), as Cheese Balls With Yoghurt and Mint Dip (R$ 11), bolinhos de Queijo com Dip de Gorgonzola.

INFORMAÇÕES

Cartões: mastercard, dinners, redeshop

Estacionamento: gratuito

Rua Tucambira, 163 – Pinheiros

Horário: Segundas, 17h à 0h; terças e quartas, 17h à 1h; quintas, 17h às 2h; sextas, 17h às 3h e sábados, 19h às 3h. Vésperas de feriados, 17h às 3h e feriados, 17h à 0h.

Tel: (11) 3774-3778

Site: http://queenshead.com.br/

Finnegan’s 

O pub prepara uma festa com apresentação de sapateado irlandês, banda de rock e bandas de músicas típicas irlandesas (ingressos de R$ 25 a R$ 45). O ingresso dá direito a um chopp verde Braumeister, feito especialmente para a data.

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, dinners

Estacionamento: pago, com manobrista

Rua Cristiano Viana, 358 – Pinheiros

Horário: Segunda a sexta, a partir das 18h; sábado e feriados, a partir das 19h.

Tel: (11) 3062-3232

Site:  http://www.finnegans.com.br

Charles Edward

O pub do Itaim celebra a data com uma programação especial para o feriado irlandês. Entre as atrações musicais, Claudio Merlin, banda Pop Fiction, banda Zero Onze e Banda Mama Cherry. Quem chegar até às 18h não paga entrada. Depois disso, quem for de verde ganha 20% de desconto no ingresso (ingressos de R$ 14 a R$ 54)

INFORMAÇÕES

Cartões: mastercard, american express, dinners

Estacionamento: pago, com manobrista

Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1426 – Itaim Bibi

Horário: Terça a sexta, 18h às 4h; sábado, 20h às 5h; domingo, 18h às 2h.

Tel: (11) 3078-5022 / (11) 3079-2804

Site: http://www.barcharles.com.br/

The Blue Pub

O pub comemora o feriado irlandês de 17 a 21 de março. Enquanto a banda Boru Irish Music apresenta os maiores clássicos da música irlandesa entre 17 e 19 de março, o bar oferece pints grátis na compra de camisetas e cartolas. A casa também apresenta um novo prato, o Irish Stew, que durante o período de comemoração é vendido por R$17 (ingressos para o dia 17h, M: R$ 31 e H: R$ 69).

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, american express, dinners, maestro, redeshop, visa electron

Estacionamento: pago

Alameda Ribeirão Preto, 384 – Bela Vista

Horário: Segunda a quarta, 12h às 22h; quinta, 12h às 23h30; sábado, 13h à 1h; domingo, 13h às 22h30.

Tel: (11) 3284-8338

Site: http://www.thebluepub.com.br

O’Malley’s

O pub irlandês celebra a data com sete dias de festa(pois é já está rolando haha), de 11 a 17 de março. Durante a semana, o pub monta uma programação especial para cada dia, em um ambiente com atmosfera e clima de pub irlandês. No sábado (17), a noite ficará por conta das bandas folk irlandesas Murphy’s Law e Irish Fellas e a banda Cross Town Traffic, com clássicos do rock irlandês. A casa ainda conta com promoções de chopp, camisetas e outros descontos durante a semana.

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, american express, dinners

Estacionamento: pago

Alameda Itu, 1529 – Cerqueira César

Horário: Diariamente, a partir das 12h.

Tel: (11) 3086-0780

Site: http://www.omalleysbar.net/home.htm

Melograno

O bar especializado em cerveja comemora o St. Patrick’s Day com uma festa temática e a apresentação da banda Intocáveis. No cardápio, a sugestão é a cerveja irlandesa Murphys Irish Red (R$ 16,50). Para acompanhar, a famosa receita da torta recheada de carne cozida em Guinness (R$ 16). Os convites são vendidos antecipadamente por R$ 60, e incluem 1 chopp verde, 1 Guinness (420 ml) e 1 porção de batata ao murro.

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, american express, dinners, maestro, redeshop, visa electron

Estacionamento: pago

Rua Aspicuelta, 436 – Vila Madalena

Horário: Segunda a quinta, 18h à 0h; sexta e sábado, 18h à 1h.

Tel: (11) 3031-2921

Site: http://www.melograno.com.br/

P.J. Clarke’s

O restaurante oferece uma opção mais tranquila para a data festiva e para quem quer saborear um belíssimo Hamburger. A festa é celebrada com a banda de jazz Frigazz. Na compra de dois Pint de Guinness (R$19) com mais R$ 25, o visitante ganha uma camiseta P.J. Clarke’s para celebrar a data.

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, american express, dinners

Estacionamento: pago, com manobrista

Rua Doutor Mario Ferraz, 568 – Itaim Bibi

Horário: Segunda a quinta, 12h à 0h; sexta, 12h às 2h; sábado, 9h às 2h; domingo, 9h à 0h.

Tel: (11) 4003-2665

Site: http://www.pjclarkes.com.br

Email: contato@pjclarkes.com.br

E é isso ai galera, espero que tenham gostado do Post e das dicas, e quem tiver a oportunidade de ir a um desses locais, com certeza irá pra casa muito feliz haha, aproveitem por mim que estarei na AULA  ¬¬ 

Happy St. Patrick´s Day 0/

Fonte: http://www.guiadasemana.com.br

Texto: Luis Paulo Carminatti
 


Expo Vinis Brasil 2011 – episódio I

Fala galera, como estão ? Hoje vamos começar a ver uma série de Posts sobre a nossa visita a Expo Vinis Brasil semana passada, pra quem não pode comparecer, vamos contar o que gostamos e o que não gostamos, não deixe de acompanhar nossa saga haha !!

Como nos anos anteriores a Expo Vinis Brasil 2011 também aconteceu no Expo Center Norte que fica na Zona Norte de São Paulo, ao lado do Shopping Center Norte. Aliás um ótimo local, com fácil acesso e boa localização e também conta com um estacionamento com capacidade para suprir a necessidade de um grande evento.

Fachada do Expo Center Norte !

Antes de começar a falar de vinhos e vinícolas quero parabenizar a organização do evento pela escolha da água, isso mesmo da água que escolheram como marca oficial da feira que foi a FYS da Schincariol.

FYS (For Your Senses – Em português “Para os seus sentidos”) tem uma embalagem de vidro, bem desenhada e  moderna.

A idéia da Schicariol com este produto é começar a ensinar o consumidor que água não é tudo igual. E além de ser a água oficial da ABS (por isso esteve presente no evento)  se aproximando do mundo do vinho a harmonização que fazemos com vinho e comida também pode ser feita com a água. Apesar de ser uma harmonização mais técnica, ela tem seus fundamentos. Quantidade de sais minerais, PH e se tem gás ou não, por exemplo, são fatores que devem ser levados em consideração na hora de servir uma água com um determinado vinho e um determinado prato.

Sei que muitos estão pensando que é loucura querer harmonizar também a água com os vinhos e comida, mas se pensarmos que anos atrás foi assim que começamos a harmonizar a comida com o vinho e hoje vemos que é algo extremamente importante e agradável, por que não pensar que em alguns anos teremos nos restaurantes as cartas de vinhos e também as cartas de água? É acho que demora um pouco, mas da para perceber que as coisas estão mudando, e nada melhor que um evento dessa grandeza para começar a mostrar que água definitivamente não é tudo igual !!

Ponto para a organização do evento, maaaaas nem tudo foram flores haha, não haviam muitos pontos de distribuição das águas, e creio que eles não conseguiram suprir a necessidade do consumo, pois era difícil encontrar águas que estivessem geladas, nem sempre tudo sai perfeito, mas é melhor ter uma boa água numa temperatura não tão boa do que uma água ruim numa temperatura ideal.

Maiores informações sobre a FYS acessem:
http://www.aguafys.com.br

Agora sim, vamos falar sobre vinhos haha !

O primeiro estande que visitamos foi da vinícola Gran Legado, que tem como astros maiores de sua produção os espumantes, sendo que o seu Brut Champenoise foi escolhido o melhor da Expo Vinis Brasil 2010.

Um estande não muito grande, o que eu acho o mais correto, pois os estandes muito grandes aglomeravam muita gente, não dava para conversar e era complicado de ser bem atendido, lembra uma balada lotada pra vocês terem idéia haha.

O atendimento foi muito bom, e bem direcionado, apresentaram para a gente a linha de espumantes e alguns vinhos tintos  (que não provamos, ficamos apenas com os espumantes).

Timoteo, Eu e Gustavo

O Brut Champenoise é composto pelas uvas Chardonnay é Pinot Noir, de safras do ano de 2007 e 2008, premiado ano passado é realmente muito bom apresenta coloração amarelo palha com reflexos bem dourados. No aroma apresenta intensidade alta, com notas de pão e torrefação; além de frutas como maçã verde, pera e jasmim, além de ser bem harmônico no paladar com bom volume e frescor.

Espumante Gran Legado Champenoise, premiado em 2010

O Brut Charmat é composto pelas uvas Chardonnay, Riesling Itálico e Melot, das safras de 2008 e 2009, apresenta coloração amarelo palha com reflexos cristalinos, não nos agradou muito, o aroma inicial lembrava refrigerante sabor limão, e um pouco depois até TANG sabor limão (pode ser ao fato de levar Riesling na composição, essa uva produzida nas nossas condições climáticas não me agrada muito). No paladar normal, com ataque levemente ácido, evoluindo para uma final de boca marcante. Mas no entanto, não chega nem perto do Champenoise.

Timoteo, Eu e Eduardo Graziano

O Moscatel, composto peças uvas Moscato Giallo e Malvasia, da safra de 2008, apresenta coloração amarelo verdoso com reflexos cristalinos. Delicadas borbulhas. No aroma é intenso, com notas de flores, frutos tropicais como goiaba, maracujá e no final mel. No paladar apresenta-se com doçura intensa e equilibrada com uma acidez até que refrescante.

Maiores informações sobre a Gran Legado acessem: http://www.granlegado.com.br

É isso ai galera, essa foi a primeira parte da nossa visita a EVB 2011, meio curta porque ta complicado arrumar tempo pra escrever, mas a segunda parte será maior eu prometo haha.

Espero que tenham gostando, lembrando que as criticas apresentadas são nossas opiniões, se alguém tiver outra, por favor, comentem, se tiver elogios, por favor comente também, se quiserem nos contratar, ou patrocinar, ai mandem um email ;D hahaha

Até a próxima pessoal, um abraço 0/

Fotos: Eduardo Graziano e Vitor Caro

Luis Paulo Carminatti.


Vai começar a Expo Vinis Brasil 2011 !!

E ai pessoal, como foram de Páscoa ?? Feriado prolongado é muito bom não é ? Difícil é o trânsito na volta pra casa, mas, fazer o que, nem tudo é perfeito.

Bom, vim aqui pra falar pra vocês que entre 26 e 28 de abril, vai rolar, em São Paulo, a 15ª edição do Expovinis, a maior feira de vinhos da América Latina. Entre as novidades deste ano, está a inauguração de uma loja de vinhos que venderá com desconto rótulos presentes no evento (com certeza isso vai render frutos haha).

Outra bossa nova é a possibilidade de que o público pontue e eleja os vinhos que mais gostem. Totens espalhados pelo pavilhão servirão para que os enófilos façam comentários e atribuam notas aos vinhos degustados. No final da feira, serão divulgados os rótulos com melhor pontuação.

Além destas novidades, o Expovinis seguirá com o júri premiando os 10 melhores vinhos da feira. Neste ano, serão 400 expositores e o público esperado é de 17 mil pessoas, nos três dias de evento, e claro que a gente não podia ficar fora dessa não é haha, eu, Eduardo e Vitor vamos estar conferindo a feira e na próxima semana vamos contar tudo pra vocês, nossos vinhos preferidos, como foi o evento, e muito mais, aguardem o Post (ou Posts) falando sobre nossa visita na EVB 2011 !!!

Paralelamente ao Expovinis, será realizada a primeira edição da Olive Experience, feira dedicada ao azeite. E ainda, como já é tradicional, as feiras Brasil Cachaça – dedicada a mais brasileira das bebidas – e a Epicure, evento que reúne produtores de outros destilados e produtos de luxo, como chocolates, artigos de couro, charutos etc.

Serviço:
Expovinis Brasil 2011, Olive Experience, Brasil Cachaça e Epicure
Dias 26, 27 e 28 de abril

Local:
Expo Center Norte – Pavilhão Vermelho – Vila Guilherme – São Paulo

Horário:
Para profissionais do setor: das 13h às 21h nos dias 26 e 27 e das 13h às 20h no dia 28

Para o público: das 18h às 21h no dia 27 e de 18h às 20h no dia 28. O primeiro dia é exclusivo para profissionais do setor.

Ingressos:
R$ 50, com direito a taça de degustação e R$ 40, sem taça (vale a pena, a taça é da spigelau, ótima por sinal)

Convido quem puder e tiver interesse a participar do evento, que é sem duvida o maior e melhor no quesito vinhos do nosso país, e que acompanhem o ou os posts sobre o evento, que com certeza vamos trazer coisas muito legais pra compartilharmos com vocês 0/

Agora é só esperar a EVB 2011 chegar ;D

Espero que tenham se interessado pelo evento e gostado do Post !! Idéias, reclamações, elogios, ou se quiser apenas dar um Oi =) fiquem a vontade nos comentários 0/

Até logo galera, e acompanhem os próximos capítulos da nossa aventura na Expo Vinis Brasil haha, um abraço !!!

Luis Paulo Carminatti.


São Paulo Restaurant Week 2011 !!

E ai pessoal,como estão vocês ?? Estou aqui seguindo a dica da minha amiga Laura para falar um pouco sobre a São Paulo Restaurant Week. O que é ? Vários restaurantes se unem e oferecem cardápios especiais no almoço e no jantar à preços acessíveis, é uma oportunidade para se conhecer vários restaurantes e assim por vez o trabalho de vários chefs conceituados.

Como nas outras edições, os restaurantes irão oferecer cardápios diferenciados, com uma entrada, um prato principal e uma sobremesa a um preço fixo, igual em todas as casas: almoço por R$ 29,90 e jantar por R$ 39,90. Vale destacar que couvert, bebidas e 10% não estão inclusos no preço. O visitante poderá ainda contribuir com mais R$1, que será destinado à fundação Ação Criança.

Algumas casas participarão da SPRW pela primeira vez este ano. Esse é o caso do “Arturito”, da casa de comida turca “Brasserie Kosebasi”, o chinês “Taizan”, do “La Dolce Vita” e da “Forneria San Paolo”, ambas na Villa Daslu, e do “Portal da Coreia”, primeiro coreano a participar da Restaurant Week.

A expectativa de público para esse ano é de 750 mil. Além disso, a edição do verão 2011 consagra a São Paulo Restaurant Week como o segundo maior evento gastronômico do mundo em número de restaurantes participantes, atrás apenas da semana nova-iorquina.

A oitava edição da Restaurant Week reúne 233 restaurantes da cidade –são 217 casas e 16 filiais, que de 21 de março a 3 de abril.

Galera, espero que tenham gostado da dica e que possam aproveitar esse evento que realmente é muito bom, o evento não acontece somente em São Paulo, para maiores informações acessem: http://www.restaurantweek.com.br e confiram as cidades e todos os restaurantes participantes.

Seguem abaixo algumas sugestões de lugares que vale a pena conferir e uma foto de seus ambientes, se o estilo de cozinha os agradarem e o ambiente também não deixem de conhecer 0/ um abraço a todos e até a próxima.

Luis Paulo Carminatti.

Shintori

Cozinha Japonesa

Endereço: Alameda Campinas, 600 Jardim Paulista-São Paulo / SP

Telefone: (11) 3283-2455

Site: http://www.shintori.com.br/

Tordesilhas

Cozinha Brasileira

Endereço: Rua Bela Cintra, 465 Consolação-São Paulo/ SP

Telefone: (11) 3107-7444

Site: http://www.tordesilhas.com

Obá

Cozinha caseira dos quatro cantos do mundo

Endereço:  Rua Melo Alves, 215 Jardins-São Paulo/SP

Telefone: (11) 3086-4774

Site: http://www.obarestaurante.com.br/

PJ Clarke’s

Cozinha Americana

Endereço: Rua Doutor Mario Ferraz, 568 Itaim bibi-São Paulo/SP

Telefone: (11) 3078-2965

Site: http://www.pjclarkes.com.br/

Dui

Cozinha Contemporânea

Endereço:  Al. Franca, 1590 Jd. Paulista-São Paulo/SP

Telefone: (11) 2649-7952

Site: http://www.duirestaurante.com.br/