Falando de Origem

Vamos falar de coisa gostosa,principalmente com o frio,Chocolate e derivados!
Esse post nasceu depois de um debate com um amigo e resolvi escrever sobre isso.

Chocolate: Todo mundo sabe que o chocolate vem do cacau e os pioneiros foram os maias,mas sejamos mais detalhistas.
A partir das sementes do cacau, era feita uma bebida amarga chamada xocoatl,geralmente temperada com baunilha e pimenta e acreditava-se, combatia o cansaço, além de ser afrodisíaco.
Uma lenda asteca diz que Quetzalcoatl roubou uma árvore de cacau da terra dos filhos do sol, para presentear seus amigos, os homens e assim  Carolus Linnaeus, botânico sueco classificou a planta como Theobroma cacao do grego delicia dos deuses.
Houve uma época onde 100 favas de cacau equivalia-se a um escravo
Mas o chocolate como conhecemos hoje em tabletes foi invenção holandesa, depois de uma prensa hidráulica onde de um lado saia a manteiga de cacau e do outro a massa.

Chocolate branco é feito com manteiga de cacau e só nasceu no século XX

 Brigadeiro: No Rio de Janeiro depois de lançada uma promoção para serem feitos receitas com os novos alimentos da guerra , leite condensado e chocolate em pó ( Isso que eu chamo de guerra santa!) Umas mulher (muito da safadinha) resolveu fazer o nosso brigadeiro e deu esse nome por causa do Brigadeiro Eduardo Gomes ,segundo a lenda um galanteador. Assim ela dizia que comia o doce , já que não podia era por o sujeito na panela.

Fondue: Tem sua origem em uma região franco-suiça , a receita mais antiga foi encontrado em livro zurique      de 1699.
Na década de 1950 a fondue entrou nas cozinhas do exército suíço, tornando-se assim conhecida dos soldados, que levaram esta receita para suas casas. Até hoje, a preparação da fondue é considerada como uma “coisa de homem” na Suíça.
A origem da palavra é francesa e significa derretido.

Texto: Gessika Bertola
 

Blog: http://balaodeimaginacao.blogspot.com.br/

Anúncios

The World’s 50 Best Restaurants 2012 !!!

E ai galera tudo bem com vocês? Espero que sim !!

Tenho uma pergunta, qual é o melhor lugar para se comer bem? Sua casa ? A casa da Avó ? O McDonald’s ? Nâo, se você respondeu um desses está errado, principalmente se respondeu o McDonald’s haha, nada contra a praticidade, mas … Voltando o assunto dos restaurantes, segundo a revista britânica Restaurant Magazine que listou os 50 melhores restaurantes de 2012 esse lugar é o Noma.

Pelo terceiro ano consecutivo, o primeiro lugar ficou com o restaurante Noma, da Dinamarca, liderado pelo chef René Redzepi, seguido pelo El Celler de Can Roca e Mugaritz, ambos espanhóis.

o restaurante brasileiro D.O.M, do chef Alex Atala, ficou em 4º lugar do ranking, subindo 3 posições do ranking passado.

Na América Latinal, além do D.O.M., constam outros três restaurantes: o Astrid Y Gaston Lima(35º lugar), no Peru; o Pujol Mexico City (36º lugar) e a casa Biko (38º lugar), também na Cidade do México.

O ranking desse ano mostra o crescimento dos restaurantes latino-americanos, maior exemplo foi o 4º lugar alcançado pelo sensacional e caríssimo D.O.M. que infelizmente está um pouco distante do alcance de uns 94% da população brasileira, uma pena, pois todo brasileiro deveria conhecer esse trabalho incrível realizado por Alex Atala.

“Foi surpresa. Ser o sétimo já era alto. Neste ano, ficamos atrás de três caras que admiro, gênios. É uma posição sensacional, uma alegria. Ser primeiro nunca foi objetivo, mas se acontecer ninguém ficará triste aqui”, brincou em entrevista ao G1 nesta quinta-feira (3) no restaurante Dalva e Dito, em São Paulo.

Atala, de 43 anos, levou seu restaurante à elite da gastronomia mundial com uma cozinha que define como “simples e sustentável”, feita a partir de produtos locais, entre eles alguns dos numerosos ingredientes fornecidos pela Amazônia.

O chef contou que gostaria de pagar mais pelos ingredientes da Amazônia, que são base de seu trabalho. “Busco um comércio mais próximo do justo, que beneficie as familias, melhore a região”, explicou. “Hoje, há vezes que gasto mais com transporte do que com produtos. Preciso dar um jeito de pagar melhor pelos produtos. É importante extrair e retornar à natureza.”

Segundo ele, “falta apoio e vontade primeiramente do governo e da iniciativa privada” para que exista “um ajuste de legislação que beneficie produtores”. Atala cita como exemplos famílias e empresas brasileiras que produzem mel e baunilha.

E para que não falta apoio e vontade do governo? Só se for para a copa do mundo, ai sobra, sobra tudo, principalmente roubo =)

Voltaaando ao ranking vamos conferir todos os 50 restaurantes que nele constam, dando um pouco mais de ênfase aos 10 primeiros, pois são nada mais nada menos que 50, ai seriam muitos caracteres haha.

1. Noma, Dinamarca 


Noma significa comida nórdica e está localizado em um antigo armazém na Dinamarca. O restaurante serve tipos variados de carne, camarões, ervas e algumas especialidades do chef Rene Redzepi. Pela terceira vez no topo da lista, o chef contou que o ranking mudou completamente o número de clientes: “Nós saímos de uma segunda-feira com 14 clientes para uma lista de esperade 1.200 pessoas”.

http://www.noma.dk/

Abaixo segue a entrevista com Redzepi:

2. El Celler de Can Roca, Espanha 


Os irmãos Joan, Josep e Jordi colocaram o El Celler de Can Roca como o segundo preferido de 2012. O restaurante é bem moderno e fica na pequena cidade de Girona, na costa da Catalunha. No local, são servidas azeitonas caramelizadas de entrada, que chegam à mesa em árvores de bonsai, e pratos clássicos catalães.

http://www.cellercanroca.com/

3. Mugaritz, Espanha 


O chef Andoni Luis Aduriz é bem reconhecido em San Sebastian, na Espanha. É ele que prepara os pratos do Murgaritz, que tem como especialidade pescada branca e batatas.

http://www.mugaritz.com/

4. D.O.M., Brasil 


Liderado pelo chef Alex Atala, o restaurante fica na cidade de São Paulo. A proposta é produzir refeições sustentáveis com ingredientes fornecidos pela Amazônia, como palmito, mandioca e sucos de frutas típicas.

http://www.domrestaurante.com.br/

5. Osteria Francescana, Itália 


Elegante e moderno, o Osteria Francescana fica em Modena, na Itália, e é liderado pelo chef Massimo.

http://www.osteriafrancescana.it/

6. Per Se, Estados Unidos


Luxuoso e moderno, o restaurante Per Se contra com as especialidades do chef Thomas Keller, além de ter uma vista privilegiada para o Central Park.

http://www.perseny.com/

7. Alinea, Estados Unidos 


Em Chicago, o restaurante Alinea traz os pratos produzidos pelo chef Grant Achatz, que serve os alimentos de uma forma muito particular. Com géis, espumas e pós, ele transforma os pratos em uma obra de arte.

http://www.alinea-restaurant.com/

8. Arzak, Espanha 


Tradicional na Espanha, o restaurante foi fundado no século 19. Com ambiente familiar, Arzak traz algumas novidades como pratos servidos em monitores de computador.

http://www.arzak.info/index.html

9. Dinner by Heston Blumenthal, Inglaterra 


Um dos restaurantes mais badalados de Londres, Blumenthal é liderado pelo chef Heston Blumental, que inventou a famosa “Fruta de carne”, um fígado de galinha recheado com geleia de fruta.

http://www.dinnerbyheston.com/

10. Eleven Madison Park, Inglaterra 


Este restaurante de Nova York saltou 14 lugares entre os melhores do mundo desde o último ano. Ele é liderado pelo chef Daniel Humm.

http://elevenmadisonpark.com/

Acompanhem a seguir os outros restaurantes presentes na lista dos 50 bests

11. Steirereck, Austria
12. L’Atelier Saint-Germain de Joël Robuchon, França
13. The Fat Duck, Inglaterra
14. The Ledbury, Inglaterra
15. Le Chateaubriand, França
16. L’Arpege, França
17. Pierre Gagnaire, França
18. L’Astrance, França
19. Le Bernardin, Estados Unidos
20. Frantzén/Lindeberg , Suécia
21. Oud Sluis, Holanda
22. Aqua, Alemanha
23. Vendôme, Alemanha
24. Mirazur, França
25. Daniel, Estados Unidos
26. Iggy’s, Cingapura
27. Narisawa, Japão
28. Nihonryori RyuGin, Japão
29. Quay Restaurant, Austrália
30. Schloss Schauenstein, Suíça
31. Asador Etxebarri, Espanha
32. Le Calandre, Itália
33. De Librije, Holanda
34. Fäviken Magasinet, Suécia
35. Astrid y Gastón, Peru
36. Pujol, México
37. Momofuku Ssäm Bar, Estados Unidos
38. Biko, México
39. Waku Ghin, Cingapura
40. Quique Dacosta, Espanha
41. Mathias Dahlgren, Suécia
42. Hof van Cleve, Bélgica
43. The French Laundry, Estados Unidos
44. Amber, China
45. Vila Joya, Portugal
46. Il Canto, Itália
47. Bras, França
48. Manresa, Estados Unidos
49. Geranium, Dinamarca
50. Nahm, Tailândia

Então é isso ai galera, agora já temos 50 opções de restaurantes onde poderemos ter um belo almoço ou jantar, é só escolher haha.

Espero que tenham gostado do Post, pretendo (mas não prometo haha) fazer um post em especial para cada um dos 10 primeiros colocados, mas por hoje é só, até a próxima e um abraço a todos 0/

Texto: Luis Paulo Carminatti

Fontes: http://www.restaurantmagazine.com/ ; http://culinaria.terra.com.br/
http://g1.globo.com/ ; http://viajeaqui.abril.com.br/ 


Mudando o Visual, tema de hoje: Retrô !!!

Oi pessoal, faz um tempão que não escrevo para vocês né?

Outro dia tive uma idéia pra ajudar quem quer construir, reformar, mudar a cozinha, ou pelo menos deixar com um pouco mais da sua personalidade. Então vou fazer uma seqüência de posts apresentando diferentes estilos de cozinha, com algumas dicas também.

Meu primeiro post aqui no blog foi sobre o Estilo Retrô em eletrodomésticos e eletroportáteis (segue o link https://gastronomiacontemporanea.wordpress.com/2011/05/18/seja-moderno-seja-retro/). Esse estilo agrada muito mesmo, então vamos a ele =D

Como é:

A cozinha retrô é muito colorida, aconchegante, resgatando ícones do passado e combinações descontraídas. Com mistura de formas e cores causa um impacto visual tornando o ambiente muito dinâmico.

Os móveis são baixos, com linhas simplificadas e pernas palito.

Os eletrodomésticos normalmente têm o destaque nesse estilo de decoração. As cores vivas e fortes como vermelho, amarelo, azul, verde, laranja, são típicas na paleta retro, mas não são obrigatórias. Caso você prefira uma combinação um pouco mais discreta cores mais leves como branco, bege, creme, e cores suaves como azul-bebê, mantêm o estilo e deixam o ambiente um pouco mais sóbrio.

Utensílios como panelas, frigideiras e chaleiras possuem formas arredondadas e compactas, também coloridas, completam ficando expostas.

O piso preto e branco, tradicional nas cozinhas das décadas de 50, 60 e 70, ganhou status próprio, podemos ver o piso xadrez em diversos estilos de cozinha, mas ainda é uma grande referencia do estilo.

As paredes se mantêm claras caso os eletrodomésticos forem coloridos, mas não brancas, os tons off-white aparecem nessa hora. Se os eletrodomésticos tiverem cores mais suaves as paredes recebem as cores vibrantes.

Como você pode adaptar:

Ao projetar seus armários na cozinha é possível seguir essa linha, mas armários suspensos, sem os pés característicos, podem manter o estilo de forma mais atual.

Os utensílios podem ficar em pontos de destaque, pendurados e aparentes.

Apesar de normalmente o destaque do retro estar ligado aos eletrodomésticos, o revestimento característico pode fazer muito mais pela sua cozinha, e de forma mais barata, duvida?

Uma parede colorida sai bem mais barata que uma geladeira nova. O piso xadrez pode ser feito usando o piso branco original e adesivo preto, essa saída acaba tendo validade curta, mas pra quem está louco por um piso retro vale tudo né? Outra opção que era muito usada antigamente é o linóleo, espécie de tecido impermeável, que quebra um galhão.

Outros componentes da cozinha podem ter a influencia dos anos 50 e 60, como as torneiras, e outros pormenores. Podemos encontrar objetos para compor o espaço em antiquários e, às vezes, até uma pintura nova naquele antigo porta-tempero faz a diferenças. Como nem sempre são evidencia esses detalhes criativos vão trazer ainda mais personalidade para o ambiente.

Apesar de ser forte, é uma decoração onde os elementos utilizados são práticos, duradouros e funcionais.

Não ter medo de misturar é a chave para esse estilo dar certo, formas, texturas, padrões e cores em profusão.

Cozinha super atual, mas como todo o charme Retrô.

E ai? Gostaram de conhecer melhor o estilo retro? Qualquer duvida, sugestão, critica ou comentário fiquem a vontade.

E preparem-se para os próximos estilos de cozinha.

Beijos !!

Texto: Marina Castelli.

Fonteshttp://donacharmosa.blogspot.com/2011/08/cozinha-cheia-de-charme.html
http://www.blogcasaefogao.com/ ; http://fuxicandobymarceleleite.blogspot.com.br/


Quem paga a conta?

E ai galera tudo bom com vocês? Espero que sim, se me perguntarem como estou, diria que não estou muito bem, pois há algum tempo venho lendo notícias que não me agradam nem um pouco, vou confessar que no início não me preocupei muito, afinal é uma coisa sem cabimento nem um, bom antes que vocês fiquem meio perdidos ou achando que eu estou doido, vou explicar do que se trata.

Para variar estamos na mão do Governo, grande novidade não é? Foi aberta uma investigação para analisar a possibilidade de se aplicar medidas de salvaguarda para o vinho brasileiro, e adivinhem, essa medida vai mexer é claro no meu bolso e no seu que também admira um belo vinho.

Bom, explicando mais resumidamente: O Ibravin, a UVIBRA, a FECOVINHO e o SINDIVINHO foram até o Governo para dizer que os vinhos importados estavam prejudicando o mercado de vinhos brasileiros.

E qual seria a solução ?????

Melhorar a qualidade do nosso vinho? Há claro que não, isso é besteira, a solução mais plausível é simplesmente aumentar os impostos sobre os vinhos importados.

Sim, é isso mesmo que você está lendo, esse vinho que compramos e já achamos caro (se não acha fico contente pois você realmente tem muito dinheiro, eu acho bem caro) vai ficar ainda mais caro

Este pedido me parece ser o mais absurdo que eu já vi até hoje, conseguindo ganhar até do selo fiscal, que infelizmente foi aprovado e implantado, tendo também reflexos diretos nos preços dos vinhos para o consumidor.

Creio eu que existem outras medidas mais cabíveis para essa situação e realmente queria a opinião dos órgãos que protocolaram esse pedido sobre:

Quais são os esforços que estão sendo feitos para DIMINUIÇÃO DE IMPOSTOS DOS VINHOS BRASILEIROS?

Quais são os esforços e investimentos para a MELHORIA DA QUALIDADE DOS VINHOS BRASILEIROS?

Quais são as iniciativas REAIS para a DIVULGAÇÃO AMPLA DOS VINHOS BRASILEIROS?

Acredito que todas essas medidas anteriores seriam mais justas com o consumidor brasileiro, que vem adquirindo com muito custo uma cultura de se beber um bom vinho, mas em vez de favorecer isso e de se incentivar o consumo com moderação é claro, de um belo vinho, que só traz benefícios, estão tentando tirar de nós o pouco que conseguimos alcançar até agora.

Queria pedir a ajuda de todos vocês que acompanham o Gastronomia Contemporânea, existe um site, o Petição Pública, onde se pode criar abaixo assinados e Graças a Deus está rolando um abaixo assinado contra o aumento de impostos dos vinhos importados, eu já assinei, e venho pedir a ajuda de vocês através deste Post, para todos nós amantes dos bons vinhos possamos ao menos tentar impedir essa coisa ridícula.

Este é o Link para assinar o abaixo assinado:
http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N22143

Não demora nem 3 minutos gente, é bem rápido mesmo, afinal ninguém tem muito tempo disponível hoje em dia, só mesmo que inventou essa besteira, essas pessoas devem ter tempo de sobra…

Por favor, ajudem a impedir isso, peço a atenção de todos vocês e já agradeço dês de já a atenção, há, depois de assinar o abaixo assinado também se pode enviá-lo por Email para seus amigos.

Porque no final de tudo, não podemos mais uma vez pagar a conta !!

Muito obrigado, se puderem deixar suas opiniões nos comentários, ficaria feliz em saber, até a próxima e um abraço.

Texto: Luis Paulo Carminatti


A mesma Páscoa, mas não os mesmos chocolates !!!

É galera, a Páscoa tá chegando em? E ai já decidiram o que vão comprar? Meio complicado no meio de tantas opções não é?

Maaas, estamos aqui para tentar ajudar, ou não haha, a seguir vamos ver umas opções “diferentes” para a Páscoa, para você que quer fugir dos ovos mais simples e tradicionais e surpreender em uma data onde se presenteia com muitas delicias, mas com poucas surpresas.

Separei alguns que achei interessante e poucos “tradicionais”, vamos ver? Segurem a vontade e comecem a ler haha !!

Galinhas de chocolate com bombons sortidos no interior

R$ 49,90, com 250 gramas, e R$ 87,00, com 500 gramas.
Opera Ganache.
Pão de Açúcar do Shopping Iguatemi, tel.: 3095-8503.

Caixa de ovos com seis miniovos de chocolate


(360 gramas) recheados de brigadeiro tradicional, noir e avelã
R$ 110,00. Maria Brigadeiro.
Rua Capote Valente, 68, Pinheiros, tel.: 3085-3687.

Ovo de Sonho de Valsa


(400 gramas), R$ 48,35. Varanda.
Praça Deputado Dario De Barros, 401, Morumbi, tel.: 3035-5855.

Caixa com oito pães de mel decorados


R$ 40,00. Confeitaria Dama.
Rua Ferreira de Araújo, 376, Pinheiros, tel.: 5182-5088.

Brigadeiro de chocolate suíço com recheio de bolo de cenoura

R$ 4 a unidade. Brigadeiro By Cousin’s.
Rua Cardoso De Almeida, 1371, Perdizes, tel.: 3862-5391.

Bis gigante


(455 gramas) com uma casca de Bis Laka e outra de Bis ao Leite, R$ 38,79.
Pão de Açúcar do Shopping Iguatemi, tel.: 3095-8503

Ovos decorados com um ovo pêssanka dentro

R$ 122,00, com 250 gramas. Chocolat des Arts.
Rua Diogo Jacome, 360, Vila Nova Conceição, tel.: 3044-7431.

Cupcake com massa de cenoura e cobertura de brigadeiro cremoso

R$ 7,50 a unidade. Wondercakes.
Rua Augusta, 2542, Jardim Paulista, tel.: 3063-1209.

Caixa com seis ovos de chocolate


(três de chocolate meio amargo trufado com aroma de rosas e três de chocolate branco trufado com menta; 360 gramas)
R$ 66,00. Le Jardin Secret.
Rua Harmonia, 293, Vila Madalena, tel.: 2537-3819.

Coelhinho da Páscoa com ovinhos de chocolate

(370 gramas), R$ 129,00, ao leite, e R$ 139,00, o crocante. Chocolat du Jour.
Rua Haddock Lobo, 1672, Jardim Paulista, tel.: 3168-2720.

Maleta com um ovo de chocolate ao leite recheado de bombons também ao leite

(230 gramas), R$ 39,00. La Vie en Douce.
Rua Da Consolação, 3161, Jardim Paulista, tel.: 3088-7172.

Ovo de Toblerone com bombons embalados individualmente

(211 gramas) R$ 28,90.
Pão de Açúcar do Shopping Iguatemi, tel.: 3095-8503.

Caixa com três bisnagas de brigadeiro

R$ 28,00, a de 40 gramas, e R$ 45,00, a de 80 gramas. Brigadeiro Dicunhada.
Rua Emílio Mallet, 494, Tatuapé, tel.: 2093-3167.

Caixa de ovos com seis pequenos profiteroles

Recheados de chocolate e creme ou brigadeiro e chocolate ou creme, brigadeiro e chocolate, R$ 30,00.
Faire La Bombe. Rua Dos Pinheiros, 223, Pinheiros, tel.: 2628-7667.

Ninho de chocolate com três ovinhos de chocolate belga

(90 gramas), R$ 29,28. Opera Ganache.
Pão de Açúcar da Avenida Doutor José Ramon Urtiza, 1000, Morumbi, tel.: 3776-7720.

Oito metades de ovos

Chocolate ao leite, brigadeiro, bicho de pé, chocolate granulado e confeitos coloridos de chocolate, R$ 29,00.
Amor aos Pedaços. Rua França Pinto, 680, Vila Mariana, Loja 5, tel.: 5573-7550.

Leiteira com bombons sortidos

(120 gramas) de paçoca, crocante, flocos de arroz e ao leite, R$ 41,00. La Vie en Douce.
Rua Pedroso Alvarenga, 514, Itaim Bibi, tel.: 3078-1110.

E é isso ai galera, espero que tenham gostado do Post e das opções, e obrigado a todos que nos acompanham, até a próxima e boas compras haha !!!

Fonte:  http://vejasp.abril.com.br

Texto: Luis Paulo Carminatti


Aqua Frozzen !!!

Fala galera como foram de St Patrick’s ?? Apesar de ter aula no sábado consegui tomar meu Chop verde com o Graziano e espero que vocês também tenham tido essa oportunidade ;D

Bom o Post de hoje é mais uma sugestão para vocês !!

Cerveja? Não hoje não é Cerveja haha

Hoje vou mostrar para vocês um lugar bem legal que encontramos em Piracicaba, o Aqua Frozzen e Gastronomia.

Um lugar bem legal, descontraído com um ambiente muito bonito, digamos que com uma cara bem jovem para um restaurante.

Vamos começar falando sobre o Ambiente, já que o visual e a decoração do espaço é a primeira coisa que reparamos quando entramos em algum lugar não é?

O Ambiente de longe foi o que mais me agradou no Aqua, muito legal mesmo !!
Logo na entrada você já encontra um pequeno Lounge que é ligado a um espaço de leitura, uma boa para quem precisar esperar por uma mesa.

O salão é muito bonito, com uma ótima luminosidade garantida pelo uso de muito vidro na construção.

As mesas e cadeiras de madeira também muito bem escolhidas contrastam muito bem com o ambiente e os papéis de parede, tudo muito colorido porém sóbrio, nada de exageros.

Também conta com um espaço externo muito bem trabalhado, com belas mesas de madeira que estão sob uma Jabuticabeira para que ninguém fique no sol.

Vale ressaltar também que contam com um espaço infantil para que as crianças também aproveitem ao máximo a sua tarde ou noite no Aqua.

O Bar também chama atenção pela beleza, e pelo tamanho do balcão que acomoda várias pessoas.

Agora que “conhecemos” o ambiente, vamos falar do cardápio!

O Cardápio é interessante, conta com o serviço a La Carte com entradas, pratos quentes e saladas.

Para quem não tem muito tempo, oferece-se um almoço executivo com entrada, prato principal e sobremesa que obviamente são mais simples.

Prefere um lanche? Assim como eu, já que não tinha tempo para almoçar, sim, o cardápio também conta com lanches, onde você pode optar por um sanduiche de andar ou um hamburger, depois falarei em especial dessa parte já que foi o que comi na ocasião.

A Cardápio de Sobremesas é bom e vai dês de Petit Gateau de Goiabada até Banana Assada com Doce de Leite, inclusive doces lights.

Possuem também um Cardápio para crianças, com poucos pratos, mas possuem e isso já conta pontos.

Na parte de Bebidas na minha opinião ficam devendo umas Cervejas melhores, pelo menos tomei uma Stella Artois, pois as nossas Cervejas comerciais estão cada dia mais de dar dó, sucos e refrigerantes é parecido com o que encontramos na maioria dos lugares.

Já falamos do Ambiente, do Cardápio e agora não podemos de deixar de falar do Atendimento não é? Bom, nada a reclamar, o atendimento é muito bom, o que deveria acontecer em todo lugar, mas nem sempre é assim, no Aqua foi.

Como eu falo em? Haha, bom vamos falar do que interessa agora né? A comida haha !!

No meu caso e do Graziano foi o Sanduíche de Andar de Rosbife 0/

Grande, e muito bom !

O Sanduíche era composto por pão de forma em camadas com Rosbife, alface e tomate, ovo, e queijo que acompanhava uma maionese com ervas muito boa e batata palha.

Uma boa refeição, o suficiente para te deixar satisfeito, eu acredito que seja né, depende do seu apetite haha.

Mas resumindo, o lugar é muito legal e vale a pena conhecer ;D

E ai, o que acharam? Quem gostou e quiser conhecer, seguem as informações logo abaixo;

Endereço: Av. Brasil, 1215 – Bairro Cidade Jardim – Piracicaba/SP

Tel: (19) 3402-5005 / 3402-5252

Email: aquafrozzen@gmail.com

Site: http://www.aquafrozzen.com.br/

Espero que tenham gostado do Post e gostaria novamente de agradecer a todos que acompanham o Gastronomia Contemporânea e nos ajudaram a completar 70mil visitas até agora, um abraço a todos, meu muito obrigado e até a próxima 0/

Texto: Luis Paulo Carminatti


Happy St. Patrick´s Day !!!

E ai galera, tudo beleza ? Espero que sim !!

Neste Post verde de hoje vamos falar sobre uma data que eu particularmente acho muito legal !! Ah, o porque do verde vocês vão entender no decorrer do texto 0/

No sábado, 17 de março, é comemorado o St. Patrick´s Day, a tradicional festa do padroeiro irlandês. Durante a data, as pessoas se vestem de verde e aderem ao trevo como amuleto da sorte – um dos símbolos do santo que utilizava a planta para explicar o catolicismo para seus fiéis.

Apesar de o feriado ser comemorado somente nos países que falam a língua inglesa, a festa ultrapassa as fronteiras e toma, literalmente, conta do resto do planeta.

Dia de São Patrício (em inglês: Saint Patrick’s Day, em irlandês: Lá ’le Pádraig ou Lá Fhéile Pádraig), é a festa anual que celebra São Patrício, um dos padroeiros da Irlanda, e é normalmente comemorado no dia 17 de Março pelos países que falam a língua inglesa. Essa data é normalmente medida pela autoridade da Igreja. As pessoas vestem-se de trajes verdes, saindo as ruas em uma longa caminhada festiva. Hoje, Dia de São Patrício é provavelmente o mais amplamente comemorado dia santo no mundo.

No Saint Patrick’s day as pessoas usam verde por que São Patrício usava um trevo de três folhas para explicar sobre a trindade: Pai , Filho e Espírito Santo.

O primeiro “Saint Patrick’s Festival” foi realizado no dia 17 de Março de 1996. Em 1997, tornou-se um evento de três dias, e em 2000 foi um evento de quatro dias. Em 2006, o festival durou cinco dias.

No passado, o Dia de São Patrício era apenas uma celebração da cerveja. Tornou-se um feriado público no ano de 1903. Na Inglaterra, foi introduzido no Parlamento pelo irlandês James O’Mara. Mais tarde, O’Mara introduziu a lei que proibia que os pubs fechassem no dia 18 de Março, uma providência que só foi mudada nos anos 70. A primeira manifestação ocorreu em Dublin, no ano de 1931, e foi criticada pelo ministro Fitzgerald.

São Patrício 

Pouco se sabe da vida de Patrício, apesar de ser notório seu nascimento na Bretanha Romana no século IV, em uma rica família Romano-Bretã. Seu pai e avô foram diáconos na Igreja. Aos dezesseis anos, ele foi raptado por piratas irlandeses e levado para a Irlanda como um escravo. Acredita-se que ele ficou em cativeiro em algum lugar na costa oeste da Irlanda, possivelmente em Mayo, mas o local exato é desconhecido. De acordo com sua confissão, Deus lhe disse, em sonhos, para fugir de seu cativeiro para o litoral, onde ele iria embarcar em um navio e retornar a Bretanha. Em seu retorno, logo se juntou à Igreja em Auxere, para se tornar padre.

Em 432, alegou ter recebido um chamado para regressar a Irlanda, porém como bispo, para a evangelização dos irlandeses. O folclore irlandês alega que um de seus métodos de evangelização incluia o uso de um trevo de três folhas para explicar a doutrina da Santíssima Trindade para os irlandeses. Depois de quase trinta anos de evangelização, Patrício faleceu no dia 17 de março de 461, e, de acordo com a tradição, foi enterrado em Downpatrick. Apesar do êxito de várias missões à Irlanda empregadas por Roma, Patrício perdurou como o campeão principal do cristianismo irlandês e é bastante estimado pela Igreja Católica irlandesa e de todo o mundo. é um dia muito importante para os escoceses.

A cor verde

Com o passar dos anos a cor verde e sua ligação com o dia de São Patrício aumentou. Fitas verdes e trevos eram usados nas celebrações do dia de São Patrício no século XVII. Dizem que São Patrício usou o trevo para explicar a Santíssima Trindade aos pagãos celtas, com isso, o uso de trevos de três folhas e similares estão intimamente ligados aos festejos. Na rebelião irlandesa de 1798, na esperança de propagar seus ideais políticos, soldados irlandeses vestiram uniformes verdes no dia 17 de março na esperança de chamar a atenção pública à rebelião. A expressão irlandesa “the wearing of the green” (Vestindo o verde), significa usar um trevo ou então outra peça de roupa em referência aos soldados rebeldes.

Em São Paulo não é diferente. Bares e pubs da cidade oferecem atrações musicais, ambientes temáticos, duendes e brincadeiras. E o público aproveita a ocasião para entornar whisky, chopps verdes e cervejas irlandesas.

Aqui  vai uma lista dos bares que vão aderir à comemoração. Vista verde, escolha sua programação e caia na gandaia!

All Black

O pub no Jardins faz dois eventos simultâneos no dia 17 para comemorar a data, um no próprio pub e uma festa em uma casa na Barra Funda.

No bar, a partir das 14h, quem pagar a entrada (de R$ 30 a R$ 80), ganha uma camiseta da festa e um welcome drink. Até às 15h, chopp verde de graça na casa. A programação conta com bandas de rock e drinks e petiscos com desconto.

A outra festa, a St. Patrick´s Party, acontece a partir das 20h, em uma casa na Barra Funda (antigo CB Bar) – decorada com trevos e potes de ouro. Em sua segunda edição, tem como destaques bandas de rock tocando músicas irlandesas, pints de Guinness, chopp verde e comidas típicas (ingressos vendidos antecipadamente, de R$ 30 a R$ 70).

Quem quiser comparecer às duas celebrações tem à disposição uma van exclusiva que faz o trajeto entre o bar e a St. Patrick’s Party, de hora em hora. Vale notar que os eventos são separados e quem quiser ir aos dois tem que pagar cada um separadamente.

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, american express, dinners

Estacionamento: pago, com manobrista

Rua Oscar Freire, 163 – Jardim Paulista

Horário: Segunda, 18h à 0h30; terça, 18h à 1h30; quarta, 18h às 2h; quinta, 18h às 3h; sexta, 18h às 3h30; sábado, 19h às 3h30.

Tel: (11) 3088-7990

Site: http://www.allblack.com.br

The Sailor

O pub da Faria Lima oferece 14h ininterruptas de festa e rock em sua casa (17). Além das apresentações musicais, o bar conta com atrações burlescas durante o evento. Quem chegar na casa de verde ganha uma cerveja St. Patrick Special Beer (ingressos de R$ 15 a R$ 70).

O The Sailor oferece 14h de rock e apresentações de burlesco na data.

INFORMAÇÕES

Cartões: mastercard, american express, visa electron

Estacionamento: pago, com manobrista

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2776 – Pinheiros

Horário: Terça a sexta, 18h às 4h; sábado, 20h às 4h.

Tel: (11) 3044-4032

Site: http://www.thesailor.com.br/

The Queen’s Head

O pub britânico celebra o St. Patrick’s Day no sábado (17), com músicas e danças típicas irlandesas e até um casal de leprechauns – duendes irlandeses (ingressos, mulher R$ 30, homem R$ 60). O cardápio oferece promoções, como o chopp verde (R$ 10) e o pint de Guinness (R$ 13). Entre os petiscos, o Fish’n chips (R$ 19), as Cheese Balls With Yoghurt and Mint Dip (R$ 11), bolinhos de Queijo com Dip de Gorgonzola.

INFORMAÇÕES

Cartões: mastercard, dinners, redeshop

Estacionamento: gratuito

Rua Tucambira, 163 – Pinheiros

Horário: Segundas, 17h à 0h; terças e quartas, 17h à 1h; quintas, 17h às 2h; sextas, 17h às 3h e sábados, 19h às 3h. Vésperas de feriados, 17h às 3h e feriados, 17h à 0h.

Tel: (11) 3774-3778

Site: http://queenshead.com.br/

Finnegan’s 

O pub prepara uma festa com apresentação de sapateado irlandês, banda de rock e bandas de músicas típicas irlandesas (ingressos de R$ 25 a R$ 45). O ingresso dá direito a um chopp verde Braumeister, feito especialmente para a data.

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, dinners

Estacionamento: pago, com manobrista

Rua Cristiano Viana, 358 – Pinheiros

Horário: Segunda a sexta, a partir das 18h; sábado e feriados, a partir das 19h.

Tel: (11) 3062-3232

Site:  http://www.finnegans.com.br

Charles Edward

O pub do Itaim celebra a data com uma programação especial para o feriado irlandês. Entre as atrações musicais, Claudio Merlin, banda Pop Fiction, banda Zero Onze e Banda Mama Cherry. Quem chegar até às 18h não paga entrada. Depois disso, quem for de verde ganha 20% de desconto no ingresso (ingressos de R$ 14 a R$ 54)

INFORMAÇÕES

Cartões: mastercard, american express, dinners

Estacionamento: pago, com manobrista

Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1426 – Itaim Bibi

Horário: Terça a sexta, 18h às 4h; sábado, 20h às 5h; domingo, 18h às 2h.

Tel: (11) 3078-5022 / (11) 3079-2804

Site: http://www.barcharles.com.br/

The Blue Pub

O pub comemora o feriado irlandês de 17 a 21 de março. Enquanto a banda Boru Irish Music apresenta os maiores clássicos da música irlandesa entre 17 e 19 de março, o bar oferece pints grátis na compra de camisetas e cartolas. A casa também apresenta um novo prato, o Irish Stew, que durante o período de comemoração é vendido por R$17 (ingressos para o dia 17h, M: R$ 31 e H: R$ 69).

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, american express, dinners, maestro, redeshop, visa electron

Estacionamento: pago

Alameda Ribeirão Preto, 384 – Bela Vista

Horário: Segunda a quarta, 12h às 22h; quinta, 12h às 23h30; sábado, 13h à 1h; domingo, 13h às 22h30.

Tel: (11) 3284-8338

Site: http://www.thebluepub.com.br

O’Malley’s

O pub irlandês celebra a data com sete dias de festa(pois é já está rolando haha), de 11 a 17 de março. Durante a semana, o pub monta uma programação especial para cada dia, em um ambiente com atmosfera e clima de pub irlandês. No sábado (17), a noite ficará por conta das bandas folk irlandesas Murphy’s Law e Irish Fellas e a banda Cross Town Traffic, com clássicos do rock irlandês. A casa ainda conta com promoções de chopp, camisetas e outros descontos durante a semana.

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, american express, dinners

Estacionamento: pago

Alameda Itu, 1529 – Cerqueira César

Horário: Diariamente, a partir das 12h.

Tel: (11) 3086-0780

Site: http://www.omalleysbar.net/home.htm

Melograno

O bar especializado em cerveja comemora o St. Patrick’s Day com uma festa temática e a apresentação da banda Intocáveis. No cardápio, a sugestão é a cerveja irlandesa Murphys Irish Red (R$ 16,50). Para acompanhar, a famosa receita da torta recheada de carne cozida em Guinness (R$ 16). Os convites são vendidos antecipadamente por R$ 60, e incluem 1 chopp verde, 1 Guinness (420 ml) e 1 porção de batata ao murro.

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, american express, dinners, maestro, redeshop, visa electron

Estacionamento: pago

Rua Aspicuelta, 436 – Vila Madalena

Horário: Segunda a quinta, 18h à 0h; sexta e sábado, 18h à 1h.

Tel: (11) 3031-2921

Site: http://www.melograno.com.br/

P.J. Clarke’s

O restaurante oferece uma opção mais tranquila para a data festiva e para quem quer saborear um belíssimo Hamburger. A festa é celebrada com a banda de jazz Frigazz. Na compra de dois Pint de Guinness (R$19) com mais R$ 25, o visitante ganha uma camiseta P.J. Clarke’s para celebrar a data.

INFORMAÇÕES

Cartões: visa, mastercard, american express, dinners

Estacionamento: pago, com manobrista

Rua Doutor Mario Ferraz, 568 – Itaim Bibi

Horário: Segunda a quinta, 12h à 0h; sexta, 12h às 2h; sábado, 9h às 2h; domingo, 9h à 0h.

Tel: (11) 4003-2665

Site: http://www.pjclarkes.com.br

Email: contato@pjclarkes.com.br

E é isso ai galera, espero que tenham gostado do Post e das dicas, e quem tiver a oportunidade de ir a um desses locais, com certeza irá pra casa muito feliz haha, aproveitem por mim que estarei na AULA  ¬¬ 

Happy St. Patrick´s Day 0/

Fonte: http://www.guiadasemana.com.br

Texto: Luis Paulo Carminatti